Número total de visualizações de página

quarta-feira, 27 de abril de 2011

o nome é Nando... Fernando Nando !




Mais um que procura a gamela, parece que não lhe chega a que tem.


O organograma da Fundação AMI - Assistência Médica Internacional (retirado do seu site), cujo presidente vitalício é Fernando Nobre, é deveras muito elucidativo.


Os dirigentes dos órgãos da Fundação são todos, melhor, quase todos, da mesma família.


Na Direcção, por exemplo, em 7 elementos, 5 são da mesma família. As duas directoras adjuntas são familiares do candidato Presidencial:

Leonor Nobre é irmã e a outra directora, Luísa Nemésio, é mulher de Fernando Nobre, que em 1192 aderiu à causa monárquica, mas, recentemente, candidatou-se à Presidência da República.

O Conselho Fiscal é controlado pelo cunhado - sim, o marido da irmã, Leonor
Nobre! A AMI recebeu ao longo dos anos avultados apoios, quer do Estado Português, quer da União Europeia.

As contas desta Fundação nunca são conhecidas dos Portugueses?

Inúmeras empresas portuguesas têm contribuído, activamente, com apoios muito significativos para a AMI.

O candidato Presidencial fala tanto em transparência, contra a classe
política, e porque não coloca em prática o que proclama nos seus discursos?

Quanto recebe (salário mais ajudas de custo) como Presidente da AMI?


Os seus familiares quanto recebem na AMI?


Fernando Nobre dedica-se exclusivamente a AMI?


Qual é o seu património e o rendimento anual declarado?


A transparência é só para os outros políticos que tanto critica?


O discurso de moralização da política deve ser verdadeiro.


Os Centros Porta Amiga estão encerrados durante os fins-de-semana e os feriados; os sem-abrigo e os excluídos socialmente não podem comer e tomar banho, durante estes dias. O Estado Português e a sociedade civil apoiam estes centros...

Usar, numa campanha política, uma Fundação que não deve ter opções
partidárias, religiosas ou de outros géneros, é reprovável à luz dos
princípios que devem reger as Organizações Não Governamentais (ONG).

Muitas questões nunca foram colocadas a este candidato presidencial, quem ó agora descobriu a politica e se julga muito mais sério do que todos os outros.


O Portugueses tem o dever e o direito de serem informados sobre as idéias e as práticas de um candidato a Presidente da Assembleia da República, que já apoiou Miguel Portas (BE), Mário Soares (PS), Durão Barroso (PSD) e António Capucho (PSD).

Entre o discurso e a prática vai uma grande distância !


ó Nando és igualzinho ó Nanas !!!

lélio magalhães pinto de oliveira lélio m p o lempo


Sem comentários:

Enviar um comentário