Número total de visualizações de página

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Boletim semanal da ONU Brasil

Boletim semanal da ONU Brasil – No 104 – 27/05/2013

Acesse o www.twitter.com/ONUBrasil, o www.facebook.com/ONUBrasil e nossas demais redes: www.onu.org.br/redes

Brasil precisa investir mais em infraestrutura para crescer, diz ONU


Segundo relatório global, Brasil deve crescer 3% este ano, impulsionado pela recuperação na demanda por investimento e pela redução nos custos de energia e impostos sobre os salários. Crescimento econômico global vai continuar “abaixo do seu potencial”.

ONU: Apesar do baixo crescimento, desemprego urbano cai no Brasil


Relatório conjunto da CEPAL e da OIT prevê desemprego de 6,2% na América Latina e Caribe para 2013, uma das menores taxas das últimas décadas. Índice é positivo, principalmente se comparado a taxas globais.

Estudo avalia impacto do Programa Bolsa Família na redução da mortalidade infantil


De acordo com os resultados da pesquisa publicada na revista ‘The Lancet’, o Bolsa Família reduziu de 17% a mortalidade geral entre crianças nos municípios onde tinha alta cobertura. Estudo contou com colaboração de coordenador da ONU na área de desenvolvimento sustentável.

Nações Unidas e Governo Federal renovam compromisso pela segurança alimentar dos povos indígenas


Evento ocorrerá na segunda e terça-feira (27 e 28 de maio), em Brasília, com a presença de representantes da ONU, governo, parceiros e beneficiários do Programa Conjunto de Segurança Alimentar e Nutricional de Mulheres e Crianças Indígenas no Brasil.

Funai diz que maior desafio de indígenas é a posse plena da terra


Declaração é do representante da entidade no Fórum Permanente sobre Questões Indígenas, que ocorre na sede da ONU, em Nova York. Segundo a ONU, existem mais de 370 milhões de indígenas vivendo em 90 países.

Iniciativa apoiada pela ONU vai percorrer seis estados brasileiros contra trabalho infantil


Caravana do Norte já passou por Rondônia e se encaminha para Amapá, Amazonas, Tocantins, Acre e Pará. Entre as cinco regiões brasileiras, apenas a região norte apresentou aumento do trabalho infanto-juvenil.

Banco Mundial vai financiar programa social que ajudará 2 milhões de sergipanos


Estado nordestino receberá 150 milhões de dólares para melhorar a saúde, a educação e qualidade de vida das mulheres.

Belo Horizonte ganha prêmio da ONU sobre redução do risco de desastres


Junto com iniciativa de Bangladesh, capital mineira obteve o reconhecimento após trabalho de cooperação entre residentes locais, empresas públicas e empresas privadas na inspeção de zonas com risco de desastre.

Até 2050 serão necessários três planetas para suprir necessidades da população mundial, alerta ONU


PNUMA lança iniciativa global com medidas sustentáveis que podem transformar esse cenário. Programa de construção sustentável da Caixa Econômica Federal foi citado como referência.

Como construir cidades mais resilientes: um guia para gestores públicos locais


Publicação apresenta a prefeitos, governos, vereadores e outros gestores um quadro geral para a redução de risco, boas práticas e ferramentas que já foram aplicadas em diferentes cidades com esse propósito.

Dia Mundial do Meio Ambiente ganha site em português


Na página, é possível se informar sobre o tema deste ano – ‘Pensar.Comer.Conservar’, Diga Não ao Desperdício – e saber mais sobre a Mongólia, país-sede da celebração em 2013. O WED é comemorado no dia 5 de junho.

ONU usa tecnologias sociais para ampliar participação do público no combate à pobreza


Por meio das mídias digitais e telefonia móvel, Organização quer que pessoas em todo o mundo participem na definição da próxima geração de metas de combate à pobreza, a chamada agenda pós-2015.

Participação da sociedade civil é fundamental para garantir agenda pós-2015, diz antropóloga


Iara Pietricovsky participou de seminário sobre agenda de desenvolvimento e falou ao Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) sobre desafios após o prazo final dos Objetivos do Milênio. “Lutar contra a pobreza é legitimo e importante, mas muito mais que lutar contra a pobreza, se faz necessário lutar contra a desigualdade.”

Representante do UNICEF defende políticas públicas de proteção para os adolescentes no Brasil


Mário Volpi afirma que Brasil se concentrou tanto na proteção de crianças que deixou de lado os adolescentes. Ele criticou debate sobre redução da maioridade penal: “Não podemos dizer que esta geração está perdida antes de investir nela”.

Representante de direitos humanos da ONU participa de balanço anual da Comissão da Verdade no Brasil


Amerigo Incalcaterra disse em seu discurso que a lei brasileira da anistia impede que as vítimas de crimes do passado possam se aproximar da verdade, da justiça e da reparação.

Ação no Twitter mobiliza sociedade por redução da mortalidade materna no Brasil


Iniciativa do Fundo de População da ONU fará mobilização dia 28 de maio sobre esta que é uma das dez principais causas de morte de mulheres com idade entre 10 e 49 anos no Brasil.

15% da população brasileira adulta é obesa, alerta ONU ao apoiar iniciativa brasileira


Organização Pan-Americana da Saúde está apoiando iniciativa do governo voltada para adultos no ambiente profissional para prevenir obesidade no Brasil, por meio de práticas alimentares mais saudáveis e atividades físicas.

Bahia sedia fórum mundial sobre nutrição infantil


Mais de 250 delegados de 38 países estão se reunindo na Costa do Sauípe, na Bahia, para trocar experiências e debater opções para o desenvolvimento de programas nacionais de alimentação escolar sustentável.

Novos conflitos no leste da RD Congo preocupam agência da ONU para refugiados


ACNUR afirmou estar particularmente preocupado com a segurança de milhares de pessoas deslocadas internamente nos campos próximos a Goma. Estima-se que 350 mil deslocados internos vivam atualmente em 55 campos por toda província de Kivu do Norte.

Síria: Agência da ONU pede que países mantenham fronteiras abertas para refugiados


Em meio ao agravamento da violência dentro da Síria, ACNUR estima que o número de refugiados — atualmente superior a 1,5 milhão — aumente consideravelmente, pressionando ainda mais países como o Líbano, Jordânia, Turquia e Iraque.

Diretora-geral da OMS: não há negociação com a indústria do tabaco


Falando para a Assembleia Mundial de Saúde, Margaret Chan afirmou que, para aumentar seu lucro, indústrias de medicamentos, alimentos, bebidas alcoólicas e bebidas açucaradas não estão cooperando na luta contra as doenças crônicas.


Acesse aqui todas as oportunidades de estágio e trabalho: www.onu.org.br/tema/vagas


Leia mais em www.onu.org.br

Para não receber mais, peça para REMOVER.

Para se INSCREVER, clique aqui.

Para acessar as edições anteriores, clique aqui.




Sem comentários:

Enviar um comentário