Número total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Boston: homem abatido em interrogatório não estava armado

FBI tinha informado que Ibrahim Todashev esfaqueou um agente, mas o suspeito não tinha consigo nenhuma faca

O homem de origem chechena morto a tiro pelo FBI durante um interrogatório sobre os atentados na maratona de Boston não estava armado, revelou, esta quarta-feira, o jornal «The Washington Post».

Ibrahim Todashev, de 27 anos, foi abatido pela polícia federal dos Estados Unidos em Orlando, no estado da Florida, há uma semana, alegadamente depois de ter esfaqueado um agente durante o interrogatório de que era alvo sobre o seu eventual envolvimento num triplo homicídio com Tamerlan Tsarnaev, ocorrido antes do atentado de Boston.

Segundo relatou na altura o FBI, o homem iniciou uma «confrontação violenta», mas fonte oficial de investigação disse ao jornal norte-americano que Todashev confrontou os agentes e virou a mesa, mas não tinha nem uma arma de fogo nem uma faca na sua posse, como foi referido.

O incidente ocorreu depois de horas de interrogatório.

Investigadores disseram à imprensa norte-americana que Tsarnaev e Todashev terão alegadamente assassinado, há dois anos, num subúrbio de Boston, três pessoas, cujos corpos foram descobertos, quase decapitados, e cobertos de marijuana e milhares de dólares.

Todashev seria amigo de Tsarnaev, o qual conhecia devido ao interesse comum pelas artes marciais.

Tsarnaev, de 26 anos, e o seu irmão, Dzhokhar, de 19 anos, são apontados como os presumíveis autores do atentado de Boston, a 15 de abril, que resultaram na morte de três pessoas e em mais de 260 feridos.

Tamerlan Tsarnaev foi morto durante uma perseguição policial dias depois do atentado, enquanto o seu irmão, capturado depois de uma exaustiva «caça ao homem», se encontra atualmente sob custódia policial.

      MAIS SOBRE ESTE TEMA

=TVI24=

Sem comentários:

Enviar um comentário