Número total de visualizações de página

domingo, 22 de maio de 2011

Morte de uma estudante no dia da Defesa Nacional



Diogo Feio


Ontem, dia da Defesa Nacional, uma aberração da nossa democracia decretada pelo teu presidente de partido Paulo Portas, morreu uma jovem estudante.

Esta morte tem um responsável que a esta hora já devia estar atrás das grades, tantas as asneiras que fez e encargos que trouxe aos governos seguintes quando foi ministro da Defesa Nacional.

Devia ser condenado para toda a vida a pagar uma pensão de 150.000 euros para compensar a perda de uma vida que esta família sofreu.

Brincou e achincalhou com os antigos combatentes do Ultramar ao criar o complemento de reforma de uns míseros 150 euros anuais.

Este valor faz falta aos ex-combatentes de poucas posses ou desempregados.

Agora estendê-los a toda a hierarquia militar que esteve no Ultramar é uma ofensa e um elevado encargo para as finanças e para os trabalhadores e reformados que estão a pagar uma veleidade deste deputado vaidoso, que de tudo se serve para a caça ao voto.

Está a precisar de um novo Carlos Candal para lhe dar um bom par de bofetadas para o meter na ordem.

(Enviado por um Amigo)

Sem comentários:

Enviar um comentário