Número total de visualizações de página

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Secretário-geral da ONU pede solução política para a Síria

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, advertiu esta sexta-feira, 6 de Setembro, para os problemas de uma eventual intervenção militar na Síria, pedindo à comunidade internacional uma solução política para este país do Médio Oriente.
No âmbito da cimeira do G20, que decorre em São Petersburgo, na Rússia, Ki-moon considerou que uma acção militar irreflectida pode ter consequências «graves e trágicas», aumentando a violência num país que já sofre de uma crise humanitária «sem precedentes».

Perante os principais líderes internacionais, o secretário-geral da ONU garantiu que é necessário explorar todos os caminhos, com vista a «evitar uma maior militarização do conflito», apelando a uma solução política. 

Uma possível acção militar na Síria em resposta à alegada utilização de armas químicas por parte do regime de Bashar al-Assad, divide a comunidade internacional. Os Estados Unidos e a França defendem que é necessário intervir no país, ao contrário da Rússia, China, entre outras nações, que querem uma solução pacífica. 

A 8.ª cimeira do G20 (grupo que reúne as economias mais poderosas do mundo, países emergentes e União Europeia), que termina esta sexta-feira em São Petersburgo, está a ser marcada pela crise na Síria, um assunto que não constava na agenda.


=Jornal Digital=

Sem comentários:

Enviar um comentário