Número total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Morte da namorada: Pistorius libertado sob fiança


Atleta acusado do homicídio da namorada

Oscar Pistorius vai sair sob fiança e aguardar longe da prisão o julgamento pela morte da namorada, Reeva Steenkamp. 

O atleta olímpico e paralímpico ouviu a decisão proferida pelo juiz em Pretória, que fixou a fiança no valor de um milhão de rands, cerca de 85 mil euros.

O juiz Desmond Nair explicou longamente os contornos do caso, ao fim de quatro dias de audiências para decidir se o suspeito ficaria ou não em prisão preventiva. 

Além do enquadramento legal, Nair salientou as inconsistências da acusação, com várias contradições no depoimento de Hilton Botha, o detetive que esteve no local do crime, mas também destacou várias «improbabilidades» na versão do atleta, que reclama ter confundido a namorada com um ladrão quando disparou sobre a casa de banho onde esta se encontrava.

Decidiu assim deixar sair o atleta, sob fiança, essencialmente por considerar que não ficou provado o risco de fuga de Pistorius, nem que este tivesse uma propensão anterior para violência ou que houvesse comoção pública pela sua saída. 

Nair definiu ainda que Pistorius não pode voltar à sua casa nem sair da África do Sul e terá de apresentar-se na esquadra da polícia todos os dias, de segunda a sexta-feira. Também deu uma lista de nomes de pessoas com quem o atleta não pode falar. 

A família de Pistorius deu uma conferência de imprensa logo após a decisão. O tio do atleta, Arnold Pistorius, disse que os parentes sabem que a versão de Oscar é verdadeira e que isso vai ficar demonstrado.

Numa declaração breve, o porta-voz disse que a família está «aliviada» pela decisão do juiz, mas que continua de luto.

Oscar Pistorius regressa a tribunal a 4 de junho.

=Mais Futebol=

PS: Será isto justiça? Ao que parece, por lá como por cá!

Sem comentários:

Enviar um comentário