Número total de visualizações de página

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Berlusconi promete devolver impostos aos italianos


Ex-primeiro ministro compromete-se a «restaurar os sorrisos dos contribuintes» se vencer as legislativas de Fevereiro
O ex-primeiro ministro italiano Silvio Berlusconi prometeu este domingo, em declarações citadas pela imprensa italiana que, se vencer as eleições legislativas de 24 e 25 de fevereiro, vai devolver o imposto extraordinário sobre a propriedade e a habitação (IMU), reinstaurado por Mario Monti, o primeiro-ministro cessante de Itália.

«Desde o primeiro Conselho de Ministros adotaremos, como medida de compensação por uma decisão errada do Estado, reembolsar o imposto habitacional cobrado em 2012», disse Berlusconi, numa sala da Feira de Milão, sendo ovacionado pelos militantes do partido de que é líder, o Povo da Liberdade (PdL).

De acordo coma AFP, e apesar dos aplausos, as sondagens dão Berlusconi como o grande perdedor das eleições de fevereiro, embora reduzam um pouco as diferenças entre «Il Cavaliere» e a coligação de centro-esquerda.

Berlusconi comprometeu-se a enviar uma carta com a nova restituição do IMU assim que fosse eleito ministro das Finanças de um Governo dirigido pelo seu braço direito, Angelino Alfano, «uma vez que não é costume da administração financeira restaurar os sorrisos dos contribuintes», disse o político.

Antecipando as críticas dos opositores, Berlusconi garantiu que a «cobertura financeira» da promessa eleitoral, que poderia custar ao fisco 4 mil milhões de euros, está garantida. O ex-primeiro-ministro disse ainda que vai reduzir a despesa pública e aumentar os impostos sobre o tabaco, as lotarias e outros jogos de sorte.

MAIS SOBRE ESTE TEMA

TVI24





Sem comentários:

Enviar um comentário