Número total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Dívidas alemãs à Grécia quase totalizam valor dos resgates



Peritos do Ministério das Finanças da Grécia elaboraram um relatório no qual concluem que as dívidas da Alemanha para com o povo grego, ainda não saldadas, ascendem a cerca de 162 mil milhões de euros, valor quase igual ao dos resgates da troika.
As autoridades gregas sob a direção do primeiro ministro conservador Antonis Samaras têm mantido o relatório secreto, mas o documento acabou por ser divulgado durante o fim de semana pelo jornal ateniense To Vima.
Nos termos do documento, a dívida decorre de empréstimos que o regime nazi forçou a Grécia a fazer durante a Segunda Guerra Mundial e que ascendem a 54 mil milhões de euros a valores atuais; e dos cálculos sobre os encargos com a reconstrução do país, que esteve ocupado pelas tropas do Reich, na ordem dos 108 mil milhões de euros. A dívida total de 162 mil milhões de euros fica apenas dez mil milhões de euros abaixo do valor dos resgates da troika à Grécia, acompanhados por imposições económicas e políticas que geraram o caos social no país e cujas responsabilidades pertencem, em grande parte, ao regime alemão da Srª Merkel.
As notícias sobre as dívidas de Berlim a Atenas foram reproduzidas no site do semanário alemão Der Spiegel, mas não mereceram, até agora, comentários das autoridades. A Alemanha tem-se recusado sempre a admitir que tem dívidas para com a Grécia relacionadas com a guerra.

 Artigo publicado no portal do Bloco no Parlamento Europeu.







Sem comentários:

Enviar um comentário