Número total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de abril de 2013

UE: excedente da balança de pagamentos cresce para 34 mil ME

Dados são referentes ao quarto trimestre de 2012 e foram divulgados pelo Eurostat

A balança de pagamentos correntes da União Europeia registou um excedente de 34,1 mil milhões de euros no quarto trimestre de 2012, acima dos 21,8 mil milhões de euros observados no mesmo período de 2011, segundo o Eurostat.

A segunda estimativa divulgada esta sexta-feira pelo gabinete de estatísticas da União Europeia (UE) mantém o valor relativo ao excedente da balança de pagamentos correntes divulgado a 08 de março, na sua primeira previsão.

O Eurostat indica também que o excedente na balança de pagamentos da zona euro foi de 59,6 mil milhões de euros (2,5% do Produto Interno Bruto ¿ PIB) no quarto trimestre de 2012, um crescimento em relação aos 35,9 mil milhões de euros (1,5% do PIB) observados um ano antes.

No terceiro trimestre de 2012, havia sido registado um excedente de 23,2 mil milhões de euros na balança de pagamentos da UE e de 40,8 mil milhões de euros na zona euro.

Nos 27 Estados-membros, o saldo da conta de bens passou de um défice de 16,8 mil milhões de euros no quarto trimestre de 2011 para um excedente de 3,4 mil milhões de euros em igual período do ano passado e o excedente da conta de serviços baixou de 37,8 mil milhões de euros para 36,2 mil milhões de euros.

No quarto trimestre de 2012, a balança de pagamentos correntes da UE registou um excedente com os Estados Unidos (23,2 mil milhões de euros), com a Suíça (18 mil milhões), com o Brasil (8,6 mil milhões), e défices com a China (29 mil milhões), a Rússia (15,1 mil milhões) e o Japão (1,3 mil milhões).

Entre os 17 países que partilham a moeda única, o excedente da conta de bens subiu de 14,5 mil milhões de euros no quarto trimestre de 2011 para 37,9 mil milhões de euros no mesmo período de 2012 e o excedente da conta de serviços aumentou de 20,9 mil milhões de euros para 21 mil milhões de euros.

Por Estado-membro, os excedentes mais elevados balança de pagamentos correntes no quarto trimestre de 2012 pertenceram à Alemanha (53,5 mil milhões de euros), à Holanda (17,1 mil milhões), à Suécia (7,2 mil milhões) e a Espanha (4,4 mil milhões), enquanto os maiores défices foram observados no Reino Unido (14,3 mil milhões), em França (11,2 mil milhões), na Polónia (3,5 mil milhões) e na Grécia (2,3 mil milhões).

Portugal registou um défice de 0,5 mil milhões de euros no quarto trimestre de 2012, inferior ao registado no mesmo período do ano anterior (2,2 mil milhões de euros), mas um resultado abaixo do excedente de 0,9 mil milhões de euros observado no terceiro trimestre do ano passado.

=TVI24=

Sem comentários:

Enviar um comentário